Golpes com Boletos Bancários: como evitar ser vítima

O boleto bancário é um dos meios de pagamento mais usados pelos brasileiros por ser funcional, simples e aberto para todos. Porém, ao contrário que se imagina, ele não é o procedimento mais confiável para realizar compras na internet. De acordo com a Konduto, empresa brasileira especializada em avaliação de fraudes, há costumes criminosos bastante comuns envolvendo boletos bancários, e que são capazes de dificultar tanto o consumidor como o lojista.

O cartão de crédito é a forma mais segura para o consumidor adquirir na Internet, também de acordo com a Konduto. Enquanto o cliente pode requisitar à operadora de cartão o reposição de cobranças indevidas em sua conta, o boleto não oferece essa garantia. Os golpes podem atualizar boleto sicoob, e desviam o pagamento e é bastante complicado reaver o dinheiro.

1. Vírus do boleto

Um vírus hospedado no computador pode adulterar os dados digitáveis do boleto bancário. Chamado de Bolware, é utilizado por criminosos para adulterar a conta recebedora e o valor original do boleto manifestado na Internet. No momento em que o consumidor faz o pagamento o boleto fraudado, a quantia é transferida para a conta do golpista ou de terceiros. No final, a empresa não recebe o valor relativo à compra, e o consumidor, que acredita ter executado o pagamento de modo correto, não recebe o produto.

Para evitar ser vítima do bolware, instale um antivírus atualizado no computador. Antes de pagar, verifique similarmente se o boleto é falso. Os seus dados e os do lojista precisam estar preenchidos de modo certo no certificado. O vírus pode prejudicar o código do banco e o espaçamento do código de barras — que não podem ser lidos maquinalmente.

atualizar boleto sicoob

2. Golpe do vendedor falso

Neste golpe, um suposto vendedor anuncia um produto falso em lojas na internet. No momento em que o consumidor começa o processamento de compra, o fraudador tenta orientar a conversa para o e-mail, WhatsApp ou outro bate-papo com a prometimento de um dedução fascinante. A vítima é induzida a pagar o boleto falso, o dinheiro é arrumado à conta do delinquente e o produto de modo algum é entregue.

A situação é complicada, uma vez que como o consumidor optou por corporificar a compra em outro local, fora do sistema “ seguro ” da plataforma, a empresa virtual não é obrigada a se incumbir pela fraude.

Para evitar ser vítima do vendedor falso, é fundamental realizar o pagamento dentro da plataforma de compra. Os sites de marketplace, em sua maior parte, oferecem sistemas de proteção para compra com direito a devolução, como PagSeguro e MercadoPago, caso ocorram complicações no pagamento ou no envio dos produtos. Se o vendedor obstinar-se em uma maneira alternativa de pagamento, desconfie.

3. Retenção de estoque

Os consumidores não são as únicas vítimas de fraudes na Internet. Esse golpe acontece no momento em que um comércio eletrônico tenta lesar um de seus concorrentes usando o sistema de pagamento do boleto bancário.

O lojista desleal compra uma grande porção de produtos que estão em melhoria na empresa do competidor, e os produtos ficam reservados até a data de ordenado do boleto. Isto bloqueia os clientes de conseguir os produtos em discórdia. Os boletos de modo algum serão pagos, fazendo com que as compras por acaso sejam canceladas.

O lojista sai lesado da situação, uma vez que não venderá seus produtos em oferta. Enquanto isto, o competidor que realizou o apreensão de estoque usufrui para vender os mesmos produtos para clientes reais. Para não tomar prejuízos, os comerciantes precisam utilizar sistemas antifraude para identificar compras suspeitas ou demarcar a quantidade de produtos por cliente.

Após ler este texto, você estará mais preparado para não cair em fraudes pela internet, evitando assim prejuízos e transtornos causados pelos malvados hackers que circulam pela internet em busca de uma presa desatenta e fácil. Você já passou por alguma fraude nas compras na internet? Coloque aqui nos comentários e compartilhe como você conseguiu reaver o dinheiro.

Se tiver mais alguma dúvida não hesite em colocar nos comentários para ajudar ainda mais pessoas na internet. Conte conosco para te ajudar a não perder dinheiro nas compras na internet. Lembre sempre que ainda existem lojas que são muito seguras para compras pela internet, depois vamos preparar um novo texto sobre esse assunto.

Golpes com Boletos Bancários: como evitar ser vítima
Avalie este artigo!